Pelas facilidades e tecnologias que oferece, a telefonia cloud, baseada em uma central virtual, tem ganhado muitos adeptos. Porém, antes de mudar toda a operação da sua empresa para a  telefonia em nuvem, é preciso ter alguns cuidados fundamentais, já que essa tecnologia vai exigir muita atenção da equipe de TI. 

Para quem é da área e está acostumado a lidar com tecnologia, a telefonia cloud pode até parecer simples e de fácil instalação. De fato, esta não é a parte mais complicada. O maior desafio será manter a estrutura funcionando – com estabilidade e segurança – especialmente a longo prazo ou quando for necessário fazer ajustes por novas demandas. Por isso, é importante fazer tudo certo desde o começo. Para ajudá-lo nesta tarefa, reunimos algumas dicas do que você precisa verificar na sua empresa antes mesmo de começar.

O que a TI precisa analisar antes de optar pela telefonia cloud

Infraestrutura 

A primeira coisa antes de migrar para a telefonia cloud é checar a infraestrutura interna de rede e internet, tanto na parte física – cabeamento – quanto a qualidade de conexão de internet.

Estrutura de rede interna 

Não adianta nem começar se sua rede LAN não estiver funcionando corretamente. Para saber se está tudo ok, deve-se analisar itens básicos como seus switches, seu cabeamento, latência e roteadores. 

  • Switches – Confira se todas os switches da sua rede comportam o tráfego que já existe, adicionando o que será gerado pela inclusão da estrutura VoIP;
  • Cabeamento – Analise se o cabeamento é feito com materiais de qualidade e se estão com a manutenção em dia;
  • Latência – Todos os ramais precisam ter a latência dentro da norma, que é variável conforme o ambiente. Esteja atento se todos os seus endpoints possuem latência adequada para telefonia VoIP;
  • Roteadores – Teste os aparelhos. Verifique se os seus roteadores atuais estão trabalhando com folga de processamento e se estão funcionando corretamente.

Internet

Depois de checar a estrutura física e os equipamentos, você deve avaliar se a empresa tem capacidade de internet para atender a demanda de rede para telefonia cloud. Ou seja, se a sua conexão vai ter a velocidade e a largura de banda suficiente para comportar a quantidade de ramais e ligações simultâneas desejada.

Para isso, pode-se fazer um cálculo da quantidade de ramais e quanto de banda larga é consumido por cada um. Utilizando um valor médio de consumo, é possível chegar a um valor aproximado e saber se a sua rede já tem banda larga suficiente.

Estabilidade

A qualidade das chamadas e das funcionalidades da central vai depender e muito da escolha de link de internet e provedor, que é fornecido pelas operadoras de internet e de VoIP. A estabilidade do sinal de ambos é muito importante para que o serviço de telefonia cloud não seja prejudicado, por isso também é preciso atenção neste aspecto.

Operadora de internet

Cada região conta com empresas diferentes e será necessário pesquisar quais são as com o melhor desempenho na sua localidade. 

Operadora VoIP

Antes de considerar utilizar a telefonia cloud, você precisa saber se na cidade e na região as operadoras disponíveis no mercado comportam a comunicação via VoIP.

Atenção para o Plano de Contingência

Mesmo pensando nisso tudo, podem ocorrer falhas e quedas nos sinais de internet. Para isso, é preciso ter planos de contingência como opção B para manter a telefonia da empresa em funcionamento. Caso isso aconteça, a empresa estará preparada e não será prejudicada.

Segurança

A telefonia cloud ou em nuvem só é vantajosa caso a empresa saiba se proteger de possíveis ataques na internet. Ao colocar toda a estrutura de atendimento e dados para a cloud, a empresa estará ainda mais exposta ao mundo virtual. E isso abre caminhos para vulnerabilidades.

Para evitar prejuízos e o risco de ter seus dados vazados ou o sistema da empresa invadido, é necessário contar com uma boa estrutura para segurança. Isso significa obter softwares de qualidade junto de um parceiro de confiança. Por isso:

Escolha o software correto

Ao escolher o software que vai rodar a telefonia cloud, escolha um sistema que tenha sido desenvolvido especificamente para este fim. Se, por exemplo, você quiser adaptar uma solução originalmente planejada para trabalhar em servidores internos e aplicá-la na nuvem, corre o risco de estar instalando algo extremamente vulnerável para sua empresa. É preciso que o software seja estruturado para  funcionar com segurança dentro de um sistema em nuvem.

Parceiro ideal

Para que este software seja implantado e funcione corretamente, conte com a ajuda de profissionais de confiança que estejam preocupados com a segurança do sistema. É bastante comum neste momento de empolgação com sistemas em nuvem que alguns amadores prometam algo que não conseguem cumprir, deixando a empresa exposta a ataques virtuais. Para não correr riscos, escolha bem a quem você vai confiar esta tarefa

Como vimos, são muitas as complexidades e cuidados antes de mudar a comunicação da sua empresa e estruturar tudo em telefonia cloud. Por isso, avalie atentamente todos os pontos e o principal: busque por especialistas em soluções de telefonia corporativa. Saiba que hoje já é possível integrar sistemas e usufruir do VoIP e da cloud, evitando desgastes, retrabalhos e inúmeros problemas operacionais. 

Quer saber mais sobre isso?  Veja  “O que a TI ganha com um sistema PABX inteligente”. Se tiver dúvidas, fale com a Opens.